Quarta-feira, 1º de agosto - Workshops

 

Workshop 01: Infecção primária da corrente sanguínea associada a cateter central - 25 vagas

8h às 8h15 Entrega do material e apresentação do curso

8h15 às 9h Overview: infecção primária da corrente sanguínea associada a cateter central

Palestrante: Maria Dolores Santos da Purificação Nogueira – ANVISA (DF)

9h às 9h45 Colheita de hemoculturas

Palestrante: Ricardo Ariel Zimerman – Santa Casa (RS)

9h45 às 10h30 Definição de termos chaves

Palestrante: Daiane Patrícia Cais – Américas Serviços Médicos (SP)

  • Catéter central/infusão 
  • Período de janela de infecção 
  • Prazo para infecções de repetição 
  • Local de atribuição da infecção
  • Infecção da corrente sanguínea secundária

 

10h30 às 10h45 Intervalo

 

10h45 às 11h30 Critérios epidemiológicos para notificação de infecção primária da corrente sanguínea (IPCS) da ANVISA

Palestrante: Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

  • IPCS laboratorialmente confirmada associada a cateter central
  • IPCS laboratorialmente confirmada associada a dano de barreira mucosa

11h30 às 12h IPCS laboratorialmente confirmada associada a cateter central X Infecção da corrente sanguínea relacionada a cateter

Palestrante: Ricardo Ariel Zimerman – Santa Casa (RS)

 

12h às 13h30 Intervalo

 

13h30 às 14h15 Estudo de casos de IPCS laboratorialmente confirmada associada a cateter central

14h15 às 15h Cálculo de indicadores

Palestrante: Daiane Patrícia Cais – Américas Serviços Médicos (SP)

  • Numerador
  • Denominador
  • Paciente-dia
  • Densidade de incidência de IPCS laboratorialmente confirmada associada a cateter central
  • Taxa de utilização de cateter central
  • Orientações para falta de denominadores (missing denominator data)
  • Formulários para coleta de dados
  • Exercícios práticos

15h às 15h30 Critérios epidemiológicos NHSN 2018 x ANVISA 2017 

Palestrante: Ariane Baptista Monteiro – Santa Casa (RS)

 

15h30 às 15h45 Intervalo

 

15h45 às 16h15 Validação interna dos dados pelo NHSN

Palestrante: Renata Neto Pires – Santa Casa (RS)

16h15 às 17h Notificação nacional - Nota técnica GVIMS/GGTES Nº 05/2017

Palestrante: Maria Dolores Santos da Purificação Nogueira – ANVISA (DF)

  • Notificação dos indicadores nacionais: IPCS laboratorial e taxa de adesão ao Checklist de Verificação das Práticas de Inserção Segura de Cateter Venoso Central.
  • Formulários de notificação: FormSus

 17h às 18h Principais medidas de prevenção de IPCS associada a cateter central

Palestrante: Nádia Mora Kuplich – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS)

 18h Avaliação e encerramento   

 


 

Workshop 02: Noções básicas da terapia intravenosa periférica em pacientes adultos: padrões atuais da prática assistencial - 25 vagas

8h às 8h15 Entrega do material e apresentação do curso

8h15 às 8h45 Anatomia e fisiologia

Palestrante: Amanda de Souza Magalhães – Santa Casa (RS)

  • O sistema vascular: veias e artérias
  • As três camadas dos vasos e suas funções
  • Diferenciando as artérias das veias
  • Veias utilizadas na terapia intravenosa periférica em adultos
  • Pele: anatomia e fisiologia

8h45 às 9h30 Balanço de fluidos e eletrólitos

Palestrante: Kelly Mesquita – Santa Casa (RS)

  • Água: o fluido primário do corpo
  • Hipovolemia - desidratação: avaliação, causas e tratamentos
  • Hipervolemia - sobrecarga líquida: avaliação, causas e tratamentos
  • Compartimentos líquidos do corpo
  • Desequilíbrios eletrolíticos: avaliação, causas e tratamentos

9h30 às 10h15 pH, osmolaridade e incompatibilidades de soluções e medicamentos

Palestrante: Daiane da Silva Gonçalves Veçossi – Santa Casa (RS)

  • pH de soluções intravenosas e medicamentos
  • Tonicidade: soluções isotônicas, soluções hipotônicas e incompatibilidades de soluções hipertônicas

 

10h15 às 10h30 Intervalo

 

10h30  às 11h15 Visualização vascular

Palestrante: Amanda de Souza Magalhães – Santa Casa (RS)

  • Transiluminador
  • Quase infravermelha
  • Ultrassom

11h15 às 12h Indicações e seleção de sítios para inserção de cateteres periféricos

Palestrante: Viviane Gusmão - Hospital Universitário de Brasília (DF)

  • Critérios para seleção de cateteres periféricos
  • Considerações especiais para grupos etários específicos
  • Tipos de cateteres periféricos

 

12h às 13h30 Intervalo

 

13h30 às 14h15 Gerenciamento dos dispositivos para acesso vascular periférico

Palestrante: Viviane Gusmão - Hospital Universitário de Brasília (DF)

  • Conectores sem agulha
  • Dispositivos adicionais/complementares
  • Estabilização
  • Avaliação, cuidados e trocas de curativos
  • Troca do conjunto de administração
  • Flushing(lavagem) e locking (bloqueio)

14h15 às 15h Técnicas na punção venosa periférica

Palestrante: Kelly Mesquita – Santa Casa (RS)

  • Procedimentos de pré inserção
  • Inserção intravenosa periférica
  • Descontinuação do cateter

15h às 15h30 Avaliação e documentação

Palestrante: Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

  • Avaliação diária do cateter periférico     
  • Documentação de inserção e remoção de cateter
  • Lista de verificação de competências

 

15h30 às 15h45 Intervalo

 

15h45 às 16h30 Complicações

Palestrante: Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

  • Complicações locais
  • Hematoma
  • Infiltração
  • Extravasamento
  • Flebite
  • Infecção de sítio
  • Oclusão do cateter
  • Lesão de pele relacionada a adesivo médico (MARSI)
  • Lesão de nervo
  • Síndrome compartimental
  • Complicações sistêmicas

16h30 às 18h Realidade Virtual

  • Prática da inserção do cateter venoso periférico em realidade virtual

18h Avaliação e encerramento

 


 

Quinta-feira, 02 de agosto

 

8h às 8h30 Credenciamento

8h30 às 9h Abertura

9h às 9h30 A importância da alta direção na horizontalização dos processos e formação de equipes de alta performance

Coordenador: Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

Palestrante: Oswaldo Balparda – Santa Casa (RS)

9h30 às 10h10 Técnica asséptica sem toque (ANTT®): Reduzindo as infecções associadas aos cuidados de saúde por meio da padronização

Coordenador: Ricardo Ariel Zimerman – Santa Casa (RS)

Palestrante: Stephen Rowley – ANTT (UK)

 

10h10 às 10h30 Coffee break

 

10h30 às 11h10 Construindo o miniMagic: trabalhando para a melhor seleção de dispositivos em pediatria

Coordenador: Amanda de Souza Magalhães – Santa Casa (RS)

Palestrante: Amanda Ullman – AVATAR (AU)

11h10 às 11h45 Fazendo a escolha certa do dispositivo para acesso vascular em pacientes adultos

Coordenador: Daniela Souza Nunes – Santa Casa (RS)

Palestrante: Viviane Gusmão - Hospital Universitário de Brasília (DF)

 

11h45 às 13h Simpósio Satélite: Melhores práticas em antissepsia para prevenção de CLABSI

Palestrante: Marcelo Carneiro - Becton Dickinson Indústrias Cirúrgicas

11h45 às 13h Intervalo almoço

 

13h às 13h40 Eventos adversos e segurança do paciente com acesso vascular

Coordenador: Teresa Cristina Teixeira Sukiennik – Santa Casa (RS)

Palestrante: Telma Christina do Campo Silva – Hospital Sírio Libanês (SP)

13h40 às 14h30 ANTT® Implementação e Treinamento

Coordenador: Ana Valeska Siebra e Silva - Hospital Infantil Albert Sabin (CE)

Palestrante: Stephen Rowley – ANTT (UK)

14h30 às 15h40 Hot Topics em acesso vascular para neonatologia e pediatria 

Coordenador: Daiane da Silva Gonçalves Veçossi – Santa Casa (RS)

14h30 às 14h50 Uso da jugular externa como sítio para inserção de PICC

Palestrante: Ana Valeska Siebra e Silva – Hospital Infantil Albert Sabin (CE)

14h50 às 15h10 Cortar o PICC: há implicações para esta prática?

Palestrante: Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

15h10 às 15h30 Veia braquiocefálica como sítio de inserção do cateter central percutâneo guiado por ultrassonografia em crianças

Palestrante: Rafael Trindade Deyl – Santa Casa (RS)

15h30 às 15h40 Discussão

 

15h40 às 16h Coffee break

 

16h às 16h40 Mini-midline e midline: o que você precisa saber

Coordenador: Ricardo Ariel Zimerman – Santa Casa (RS)

Palestrante: Mauro Pittiruti – Hospital da Universidade Católica de Roma (IT)

16h40 às 17h20 Manejo de lesões de pele associadas ao dispositivo de acesso venoso central: um algoritmo baseado em evidências

Coordenador: Kelly Mesquita – Santa Casa (RS)

Palestrante: Amanda Ullman – AVATAR (AU)

17h20 às 18h Estratégias de educação dos profissionais saúde para garantir a competência em cuidados com acessos vasculares e terapia infusional

Coordenador: Letícia Silva de Andrade – Santa Casa (RS)

Palestrante: Claúdia Candido Luz – Hospital Israelita Albert Einstein (SP)

 

 


 

Sexta-feira, 03 de Agosto

 

8h às 8h40 Inovação e tecnologia em acessos vasculares e terapia infusional

Coordenador: Tatiane Jesus Gomes Batschauer – Santa Casa (RS)

Palestrante: Viviane Gusmão - Hospital Universitário de Brasília (DF)

8h40 às 09h30 Trabalhos orais

Avaliadores: Daiane Patrícia Cais – Américas Serviços Médicos (SP); Eneida Rejane Rabelo da Silva – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS); Ana Valeska Siebra e Silva - Hospital Infantil Albert Sabin (CE)

Trabalho 1: A relevância do flushing no acesso venoso central: vivência acadêmica em cuidados de enfermagem no âmbito hospitalar

Trabalho 2: PICC em Oncologia Pediátrica: percepções do paciente e família na consulta de enfermagem no cuidado ao cateter

Trabalho 3: Prevalência de tromboembolia venosa aguda associada ao uso de cateteres centrais de inserção periférica: uma coorte de mais de 700 pacientes

Trabalho 4: Além do check-list de inserção: adesão a medidas de prevenção de infecções associadas aos cuidados com cateteres venosos centrais

Trabalho 5: Perfil epidemiológico de pacientes com infecção de corrente sanguínea associada ao cateter venoso central em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica

9h30 às 10h10 Estabilização de cateteres periféricos em pediatria: melhores práticas

Coordenador: Paula de Paula Vedoy Batista – Santa Casa (RS)

Palestrante: Amanda Ullman – AVATAR (AU)

 

10h10 às 10h30 Coffee break

 

10h30 às 11h40 Trombose venosa de membros superiores relacionada a cateter

Coordenador: João Luiz Ambros Von Holleben – Santa Casa (RS)

10h30 às 11h10 Diagnóstico e tratamento

Palestrante: Mauro Pittiruti – Hospital da Universidade Católica de Roma (IT)

11h10 às 11h30 Trombose associada ao cateter de inserção periférica: validação do Michigan Risk Score para uso no Brasil

Palestrante: Eneida Rejane Rabelo da Silva – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS)

11h30 às 11h40 Discussão

  

11h40 às 13h Intervalo almoço

 

13h às 13h40 O que os pacientes querem: como você entrega o que realmente importa?

Coordenador: Marcos Antonio da Silveira – Hospital Mãe de Deus (RS)

Palestrante: Cláudia Candido Luz – Hospital Israelita Albert Einstein (SP)

13h40 às 14h40 Trabalhos Orais

Avaliadores: Nádia Mora Kuplich – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS); Telma Christina do Campo Silva – Hospital Sírio Libanês (SP); Raquel Bauer Cechinel – Santa Casa (RS)

Trabalho 1: Efetividade da alcoolização intraluminal na prevenção de infecção de cateter venoso central de curta permanência em pacientes pediátricos: um ensaio clínico randomizado

Trabalho 2: Uso e acompanhamento do cateter central de inserção periférica (PICC) na Pediatria de um Hospital Universitário

Trabalho 3: Risco de infecção relacionado ao cateter venoso periférico em pacientes hospitalizados: experiência na sistematização da assistência de enfermagem

Trabalho 4: Análise da retirada rotineira e por indicação clínica do cateter intravenoso periférico e a ocorrência de flebite

Trabalho 5: Estudo da flebite associada ao tempo de permanência do cateter intravenoso periférico

Trabalho 6: Motivos de retirada do cateter intravenoso periférico

14h40 às 15h50 Posicionamento da ponta do cateter central: por que a junção cavo atrial?

Coordenador: Janaína da Silva Flôr – Hospital Moinhos de Vento (RS)

14h40 às 15h Método de eletrocardiografia intracavitária para localização de ponta

Palestrante: Telma Christina do Campo Silva – Hospital Sírio Libanês (SP)

15h às 15h20 Avaliação da ponta do cateter central utilizando radiografia de tórax

Palestrante: João Luiz Ambros Von Holleben – Santa Casa (RS)

15h20 às 15h40 Definindo a localização do cateter central em crianças: dicas da ponta

Palestrante: Rafael Trindade Deyl – Santa Casa (RS)

15h40 às 15h50 Discussão

 

15h50 às 16h20 Coffee break

 

16h20 às 18h Infecção de corrente sanguínea relacionada ao cateter central

Coordenador: Nádia Mora Kuplich – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS)

16h20 às 16h40 Os cateteres impregnados com antimicrobianos e antissépticos são custo-efetivos?

Palestrante: Daiane Patrícia Cais – Américas Serviços Médicos (SP)

16h40 às 17h Lúmen exclusivo para NPT: quais as evidências?

Palestrante: Renata Neto Pires – Santa Casa (RS)

17h às 17h20 Práticas inseguras de injeção: o que estamos fazendo para prevenção?

Palestrante: Ariane Baptista Monteiro – Santa Casa (RS)

17h20 às 17h40 Tratamento: retirar o cateter ou salvar com solução antimicrobiana?

Palestrante: Ricardo Ariel Zimerman – Santa Casa (RS)

17h40 às 18h Discussão

 

18h Premiação dos trabalhos orais e pôsteres / encerramento

Informações Importantes:

  • Para visualizar os valores de inscrição, acesse a aba "Valores".
  • O pagamento pode ser realizado com cartão de crédito parcelado (parcela mínima de R$ 100,00), débito, boleto ou transferência bancária.
  • Profissionais da Saúde sócios das sociedades apoiadoras: Apresentar na retirada do material no primeiro dia do evento o comprovante de quitação com a Sociedade no momento do credenciamento. Caso não seja apresentado, será cobrada a diferença de valor da inscrição em dinheiro.
  • Residentes, estudantes de pós-graduação, graduação e cursos técnicos: Apresentar na retirada do material no primeiro dia do evento o atestado ou declaração de matricula, devidamente assinado e em papel timbrado da Instituição de ensino, ou cópia da carteira de estudante com data de validade vigente no período do evento. Para residentes é obrigatório apresentar a declaração de vínculo com a Instituição de trabalho. Caso não seja apresentado, será cobrada a diferença de valor da inscrição em dinheiro.
  • Para se inscrever nos cursos, não é obrigatória a inscrição no evento completo.
  • Caso você decida se inscrever no curso e no evento, os valores serão somados de acordo com os valores da tabela na aba "Valores".
  • Para submeter trabalhos de Temas Livres, é necessário estar inscrito no evento e que o pagamento seja compensado. Após a compensação do pagamento, você deve entrar na aba "Regulamentos e avisos" e gerar um usuário e senha para ter acesso à área restrita de submissão.
  • A data limite para que o boleto seja gerado é 26/07.

Se você tem interesse em submeter trabalho(s) de Temas Livres, faça sua inscrição no evento na aba "Inscrições".

Após o pagamento da sua inscrição ser compensado, você deve cadastrar uma senha na área abaixo para fazer a submissão do(s) resumo(s).

As regras para submissão de resumos encontram-se abaixo da área indicada para cadastro.

 

REGULAMENTO PARA A SUBMISSÃO DE TRABALHOS

 

  1. Disposições gerais

1.1. Este regulamento estabelece as normas e procedimentos para seleção de propostas de trabalhos a serem apresentadas para compor a programação  2º Simpósio Internacional do Time de Acesso Vasculares e Terapia Infusional, a ser realizado de 01 a 03 de agosto de 2018, na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

1.2 A submissão do trabalho deverá ser feita pelo site até o dia 30 de junho de 2018.

1.3 O limite de submissão de trabalhos por autor será de 02 trabalhos.

1.4 O limite de autores por trabalho será de 08 autores.

1.5 O autor obrigatoriamente deverá estar inscrito no Simpósio. Em caso de substituição do apresentador, no momento do Evento, o substituto também deverá estar devidamente inscrito no Simpósio.

1.6 Categorias: somente serão analisados os temas livres relacionados aos acessos vasculares e terapia infusional.

1.7 A divulgação do resultado se dará até 29 de junho de 2018, para o mesmo e-mail que o trabalho foi submetido.

 

  1. ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DO TRABALHO

2.1 O conteúdo deve refletir a diversidade dos acessos vasculares e terapia infusional. Em 300 palavras ou menos, forneça um resumo preciso, sucinto e informativo que represente a sua apresentação e/ou pôster. O conteúdo deve ser escrito em frases completas, sem abreviações. Referências não estão incluídas no resumo. O processo de julgamento é cego e revisado por pares: não inclua o nome do autor, o nome da instituição ou fatores de identificação no resumo. Isso pode causar desqualificação. Os resumos devem incluir, obrigatoriamente, os seguintes itens: 1) Introdução/fundamento; 2) propósito/objetivo; 3) Método/descrição de caso; 4) Resultados; 5) Conclusões.

 

  1. CLASSIFICAÇÃO DOS TEMAS LIVRES

O processo de seleção será realizado conforme a especificação abaixo:

3.1 Para que os trabalhos sejam avaliados é imprescindível que todas as orientações deste regulamento tenham sido rigorosamente seguidas.

3.2 Todos os resumos recebidos que estiverem de acordo com este regulamento serão avaliados.

3.3 Oito trabalhos serão convidados a participar da apresentação oral. Os trabalhos selecionados para a apresentação oral serão apresentados no auditório do evento nos dias 02 e 03 de agosto de 2018 e disporão de recursos de multimídia. Cada autor terá 10 minutos para apresentar seu trabalho e a comissão terá 5 minutos para comentários, que incluirá uma discussão aberta entre o autor, a comissão e o público.

3.4 O Template padrão de apresentação oral será enviado com a carta de aceite.

 

  1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DOS PÔSTERES

4.1 As sessões de pôsteres serão realizadas nos dias 02 e 03 de agosto de 2018, de forma simultânea, durante os intervalos das atividades científicas.

4.2 Serão 02 avaliadores por sessão.

4.3 Cada autor terá 5 minutos para apresentar seu trabalho e a comissão terá 2 minutos para comentários.

4.4 O Template padrão de apresentação do pôster será enviado com a carta de aceite.

 

  1. AVALIAÇÃO

5.1 A avaliação dos trabalhos orais e pôsteres será realizada por profissionais com expertise no tema, com apoio de instrumento de avaliação que se baseia nos seguintes critérios:

  1. Originalidade e relevância;
  2. Delineamento;
  3. Análise do material e método utilizado;
  4. Adequação do texto, clareza na apresentação dos resultados e correlação com as conclusões;
  5. Importância para o avanço do conhecimento, potencial de aplicabilidade e impacto dos resultados.

 

  1. PREMIAÇÃO

6.1 A premiação ocorrerá no dia 03 de agosto de 2018 no bloco de encerramento do evento.

6.2 Os três melhores trabalhos da apresentação oral e pôsteres serão premiados da seguinte maneira:

6.2.1 Primeiro, segundo e terceiro lugar da apresentação oral: cada apresentador receberá duas inscrições para a edição 2020 do 3º Simpósio Internacional do Time de Acesso Vasculares e Terapia Infusional e certificado especial de reconhecimento do trabalho apresentado no evento.

6.2.2 Primeiro, segundo e terceiro lugar dos pôsteres: cada apresentador receberá uma inscrição para a edição 2020 do 3º Simpósio Internacional do Time de Acesso Vasculares e Terapia Infusional e certificado especial de reconhecimento do trabalho apresentado no evento.

 

  1. PUBLICAÇÃO

7.1 Os trabalhos aceitos serão publicados na revista eletrônica Journal of Infection Control da ABIH – Associação Brasileira dos Profissionais em Controle de Infecções e Epidemiologia Hospitalar.

 

Enfª Amanda de Souza Magalhães Enfª Daiane da Silva Gonçalves Veçossi Enfª Daniela Souza Nunes
     
Enfª Kelly Mesquita Enfª Letícia Silva de Andrade Enfª Paula de Paula Vedoy Batista
     
Enfª Raquel Bauer Cechinel Dr. Ricardo Ariel Zimerman Enfª Tatiane Jesus Gomes Batschauer

 

 

 

 

 

 

 

 



Patrocinadores

NOVIDADES

Fique atento às novidades dos Eventos da Santa Casa de Misericórida de Porto Alegre.

Tradicional evento na área da pneumologia chega em sua 23ª edição

Tradicional evento na área da pneumologia chega em sua 23ª edição

há 3 meses 295

Evento acontecerá nos dias 07 e 08 de novembro de 2019.

continue lendo ...

Fernando Lucchese e JJ Camargo  palestram em workshop de saúde masculina

Fernando Lucchese e JJ Camargo palestram em workshop de saúde masculina

há 3 meses 341

Evento é voltado a todos os profissionais da área da saúde.

continue lendo ...

Mutirão de Endometriose Profunda na Santa Casa

Mutirão de Endometriose Profunda na Santa Casa

há 7 meses 1224

Evento tem o objetivo de discutir sobre a doença e tratar cirurgicamente pacientes do Ambulatório SUS da Santa Casa.

continue lendo ...